• Home
  • Fundação Instituto Educacional Dona Michie Akama

Fundação Instituto Educacional Dona Michie Akama

Em 1930, o casal de educadores Michie e Jiuji Akama chegou do Japão ao Brasil. Trabalhando nas plantações de café no interior de São Paulo, eles se comoveram com a precariedade dos estudos das jovens imigrantes que trabalhavam nas lavouras. Decidiram montar uma escola de formação para moças nos moldes da Escola Mishima, onde Dona Michie lecionava no Japão. Nascia, assim, a São Paulo Saihou Jogakuin, em formato de internato.

As alunas tinham aulas de corte e costura, culinária, língua japonesa e trabalhos manuais, e eram oferecidos cursos como o preparatório para o Magistério Profissional de Corte e Costura e o curso de Língua Japonesa de Ensino Médio. Algumas jovens acabaram levando esses ensinamentos para outras cidades do Brasil.

A Fundação é instituída oficialmente em 1959, como uma entidade de direito privado sem fins lucrativos. Para criar a Fundação, Dona Michie doa todos os seus bens, por entender que a escola não pertencia a ela, mas sim à comunidade. Dessa forma, a educadora assegurou à escola uma existência permanente, desvinculando-a do âmbito familiar, para ser conduzida por profissionais capacitados, em caráter voluntário, como diretores e conselheiros da Fundação. Em 1971, a escola adota o currículo escolar brasileiro e passa a se chamar Centro Educacional Pioneiro. Atualmente, a escola atende todo o ciclo da Educação Básica, da Educação Infantil ao Ensino Médio.

Para saber mais da inspiradora jornada de Dona Michie no Brasil e conhecer os membros do Conselho Diretivo e da Diretoria Executiva da Fundação, acesse o site da FIEDMA.

Marque uma visita e conheça o Centro Educacional Pioneiro.

Preencha os dados abaixo e breve entraremos em contato.